domingo, 9 de dezembro de 2012

Treinos de corrida e lesões articulares!

Trabalho em um clube em São Paulo, onde a atividade mais comuns dos alunos é correr, caminhar, ou pedalar, e 90% destes alunos se queixam de dores articulares os outros 10% vão se queixar futuramente. Muitos deles foram proibidos de praticar sua atividade favorita devido as essas dores. O nome disso se chama Lesão por Esforço, Repetitivo(L.E.R).

Esse assunto é muito amplo, mas aqui vou dar foco a relação do treino aeróbio volumoso, e o treino aeróbio intenso, discutindo as vantagens do treino intenso em relação ao volumoso e não vou mencionar a musculação que é importante para a prevenção e tratamento das L.E.R.



Treino aeróbio volumoso e de baixa intensidade(acima de meia hora e velocidade baixa):
Desvantagens - Aumenta as chances de lesões por esforço repetitivo(tendinites, burcites, artrites, artroses, hérnias de disco).
                      - Proporciona um gasto calórico baixo
                      - Prende o aluno por muito tempo no mesmo lugar
                      - O treino se torna monótono, caso esteja sendo feito dentro de uma academia.

Treino aeróbio ou cardiovascular, com alta intensidade e baixo volume(no máximo meia hora):
Vantagens: - DIMINUI as chances de lesões por esforço repetitivo
                  - Proporciona um gasto calórico maior diretamente(devido a intensidade alta) e indiretamente pois com este treino se obtêm um ganho de condição física a cada treino e, quanto mais condicionado você for, maior será a sua capacidade de correr mais rápido por mais tempo, aumentando o gasto calórico.
                  - Acelera o metabolismo pós treino gastando mais calorias em repouso.
                  - Diminui o catabolismo(perda de massa muscular).
                  - Sobra tempo para realizar outras atividades como a musculação(modalidade obrigatória para todos que querem ter uma boa saúde).